Parece fácil montar um currículo, mas não é. Eu diria que é quase uma arte. Tantas pessoas dizem tantas coisas diferentes a respeito, que ficamos perdidos sobre como fazer, e acabamos montando currículos padronizados, sem vida, e que, no frigir dos ovos, são só mais um na multidão. Um bom começo é saber o que não deve constar no documento. Sendo assim, sugiro 5 expressões, que viraram verdadeiros chavões, a serem retiradas imediatamente, antes que funcionem de maneira oposta à sua boa intenção de querer fazer bonito no processo seletivo.

A verdade é que temos vergonha de apresentar um currículo com pouco conteúdo. Talvez, olhar para um pedaço de papel que apresente um visual mais em branco do que preenchido nos deixe apavorados, e nos force a querer preencher a folha com quaisquer informações, mesmo que inúteis. Preferimos encher linguiça com frases vazias a encararmos o fato de não termos assim tanta coisa a dizer, quando, na verdade, essa atitude não ajuda nada. Daí, nascem as frases que dizem muito e nada ao mesmo tempo. Vamos a elas:

  1. profissional orientado para resultados

Teoricamente, é uma característica desejada em qualquer profissional, mas sabemos que não é bem assim que funciona, pois a maioria das pessoas não presta atenção em conhecer os resultados que seu trabalho gera. Essa qualidade deve estar fundamentada nos resultados apresentados no próprio CV. Na verdade, nem é necessário descrevê-la, se os números falarem por si sós. Mesmo assim, escrever que é orientado para resultados só por escrever, não faz brilhar os olhos do recrutador.

  1. mais de XX anos de experiência em tal área

Já ouviu dizer que quantidade não é qualidade? Muito tempo de envolvimento com um mesmo assunto não significa, necessariamente, domínio do tema. Ou pelo menos, domínio que traga resultados significativos à empresa. Em outras palavras, alguém que tenha 30 anos de experiência em determinada atividade nem sempre entrega resultados compatíveis com tamanha vivência. Mais uma vez, os números atingidos devem falar por si.

  1. excelentes habilidades de comunicação

Típico texto para encher linguiça. Seu CV é a primeira evidência de que você realmente domina – ou não – a arte da comunicação. Ele é claro, sucinto e objetivo? Não se esqueça de que existem muitas formas de comunicação, não só falada. Você é capaz de contar seu histórico profissional de maneira assertiva em 5 minutos, se necessário? Consegue também se sair bem numa entrevista ou dinâmica de grupo? Se a resposta a essas últimas perguntas foi sim, então nem precisa escrever sobre suas ótimas habilidades de comunicação. Se foi não, fuja do prejuízo e resolva suas pendências imediatamente!

  1. profissional ético

O problema com essa afirmação é imaginar que alguém vá dizer algo diferente disso a seu próprio respeito. Já pensou um currículo afirmando “profissional antiético e disposto a tudo para atingir seus resultados”? Sabemos que há pessoas assim, mas não declarado por escrito. Resumindo, tire do CV!

  1. habilidade para trabalho em equipe

Essa é interessante. Acabou virando clichê corporativo. Cientes de que o mercado de trabalho mudou muito nos últimos anos, ninguém duvida da importância do trabalho em equipe. Agora, quem está presente nesse mesmo mercado, percebe que discurso e prática são bem diferentes. A maioria dos profissionais gosta mesmo é de fazer tudo a seu jeito, utilizando reuniões mais para reafirmar suas ideias, do que como centro de compartilhamento de novas opiniões. Eu diria que é uma habilidade essencial, mas que escrevê-la é inútil, já que ninguém ousará afirmar algo em contrário!

Há muitos outros clichês a serem retirados, mas esses me parecem os principais. O melhor critério para definir o que fica e o que sai em um currículo é o seguinte: essa informação ajuda a conquistar emprego? Se ajuda, fica, se não ajuda, sai. Analise novamente seu CV, e passe cada frase por esse crivo. E que fique somente o que realmente importa! Isso só vai te ajudar!

Eng. William Mazza

*também realizo análises minuciosas de CV e perfil de Linkedin, além de ter bolado a “Estratégia de Recolocação Profissional do WMazza em 10 passos” – Conheça!!

Anúncios