Muita coisa! A foto de perfil no Linkedin certamente revela um pouquinho do que somos. Pode jogar a nosso favor ou contra, por isso, não pode, de maneira alguma, ser menosprezada. 

Como dizem que a primeira impressão é a que fica, já posso iniciar dizendo que a fotografia tem mais poder do que um descuidado pode imaginar. Por exemplo, muitos utilizam fotos desfocadas e embaçadas. “E daí?”, diria alguém. Calma. Certamente, um profissional que coloca uma representação desfocada de si próprio, não está lá muito preocupado com detalhes, afinal, qual é o problema? O problema é que determinada empresa pode estar à procura de um profissional detalhista e caprichoso, por qualquer motivo. Ao encarar uma foto embaçada ou mal tirada, não tenho dúvidas que o recrutador irá torcer o nariz para um profissional que julgue ser desleixado com algo tão importante quanto a própria imagem.

Muitos perfis do Linkedin aparecem sem foto. Não sou psicólogo, mas tenho certeza que alguém que não deseja divulgar sua própria imagem, tem algum problema de autoestima ou de insegurança. Afinal, que tem demais colocar uma fotinho para saber qual a feição do profissional? É parecido com locação de imóvel. Você tem boa impressão ao procurar um imóvel para alugar, cujo proprietário não publicou nenhuma imagem do local? Que perguntas vem à sua mente? “Por que não tem foto?”; “Será que trocarei gato por lebre?”; “Estão escondendo algo de mim?” – muitas desconfianças. Com o recrutador ocorrem as mesmas dúvidas. Todo mundo gosta de associar um perfil de rede social com uma pessoa real. Vai por mim, coloque a foto lá!

Minha dica é postar uma foto profissional, trabalhada por editor de imagem. Uma fotografia “perfeita” diz muito sobre você: cuidadoso, confiante, atento aos detalhes, aparência profissional, autoestima em alta, e muito mais! Algumas dicas:

  • procure não ficar com o rosto muito grande na foto, nem pequeno demais;
  • fotos na balada ou na praia não são indicadas;
  • poses muito sensuais também podem desviar o foco profissional;
  • óculos escuros combinam mais com Facebook;
  • corpo inteiro só se a vaga for para a Ford Models;
  • efeitos de sépia ficam lindos, mas só no Instagram.

Enfim, a boa aparência profissional certamente pode abrir portas de emprego. Não é o mais importante, claro, mas também não pode ser ignorado! Pense a respeito.

#ficaadica

Eng. William Mazza

Anúncios