Americano não dá ponto sem nó: tudo eles transformam em dinheiro! Com as redes sociais, não é diferente. Elas viraram ótimas fontes de receitas para milhões de pessoas ao redor do globo. Até mesmo o Linkedin, que muitos pensam ser apenas um currículo on-line, é uma ferramenta poderosa, com alto potencial de gerar renda. Como? Eu digo. 

Como pessoa física, você pode anunciar produtos e serviços do mundo profissional. Conhecimento tem valor, seja ele qual for! Tem experiência em marketing, manja de SAP, conhece Lean Manufacturing, é bom de finanças? Crie um curso, monte uma palestra, redija artigos, dê treinamentos, pois certamente há muitos interessados. Só no Brasil, o Linkedin possui mais de 22 milhões de usuários. Globalmente, são mais de 400 milhões de conectados, ou seja, se alguém falar inglês ou mesmo que seja em português, olha o tamanho do mercado consumidor!

O melhor é que você pode (e deve!) utilizar o próprio Linkedin para anunciar seu trabalho! Quanto mais ele for interessante, e agregar valor a outros profissionais, maiores suas chances de ser bem sucedido por lá. O efeito multiplicador de uma rede social é estonteante: digamos que sua rede seja de mil conexões. Tudo que for publicado na sua timeline será enviado para esse público. Cada curtida que um conhecido realizar na sua postagem, automaticamente toda rede dele também será informada. Quer dizer, se uma pessoa com 5 mil conexões curtir ou comentar ou compartilhar, pronto! Seu trabalho já vai para mais um tanto de gente, e assim por diante! Olha o tamanho que pode chegar a propagação do seu trabalho!!! O céu é o limite!

Aliás, a melhor maneira de estender sua rede de contatos é através de sua interação com outros usuários. Há heróis que passam o dia adicionando desconhecidos, criando uma enorme rede, que não lhe agrega tanto valor quanto poderia. É um caminho bastante trabalhoso, mas possível, claro. Prefiro, contudo, um crescimento mais natural: aquele em que as pessoas queiram fazer parte de sua rede, pois enxergam em sua atividade algum benefício para si.

Como pessoa jurídica também há enormes oportunidades no Linkedin. É possível criar uma página de sua empresa e realizar a mesma interação entre usuários, como muitos fazem como pessoa física. A vantagem é que empresas, além disso, podem veicular propagandas pagas e 100% direcionadas a públicos específicos. Suponha que seu interesse sejam os engenheiros do estado de Minas Gerais. Que tal criar um anúncio específico? Esse é um dos maiores poderes da rede social. Se entender que os engenheiros do Acre ou Roraima, por qualquer motivo, não são seus públicos-alvo, não precisa gastar recursos com propaganda ampla e irrestrita, e pode atuar de maneira bem pontual. Tudo isso com orçamentos que cabem no seu bolso.

Em tempos de vacas magras, por que não descobrir novos talentos e maneiras inovadoras de ganhar dinheiro em redes sociais? Cada vez mais, surgirão atividades profissionais que não existiam anos atrás. Que tal se tornar um Especialista em Linkedin, por exemplo?

Se tiver vontade de adentrar ou se aprofundar nesse mundo, e não souber como, posso orientar e propor novos caminhos para empreendedores virtuais de Linkedin ainda em fase embrionária. Acesse-me no Linkedin, via inbox.

Eng. William Mazza

Anúncios