Esse é um dos questionamentos mais frequentes de quem busca por emprego, afinal o telefone quase não toca e os contatos profissionais inexistem. A conclusão parece óbvia então: deve haver algo errado com meu CV! Eu porém vos digo: nem sempre!

Quem é pego de surpresa pelo desemprego talvez imagine que a rotina de quem procura trabalho é realizar muitos e muitos contatos com empresas de RH e headhunter. Procura reservar um local silencioso da casa para poder ser entrevistado sempre em paz. Contudo, o telefone nem dá sinal de vida.

A verdade é que a busca por uma nova ocupação é penosa mesmo! Ainda mais em dias difíceis como os atuais. Eu diria que até em tempos de bonança econômica realizar esse intento não é tarefa fácil.

Essa talvez seja a primeira lição: não é apenas você que tem dificuldades, mas também todos desempregados. As mesmas dúvidas, angústias e medos sobrevêm a todos que incessantemente buscam retornar ao mercado de trabalho.

Pelo que tenho visto, na maioria dos casos que analiso, o problema não está no candidato, ao contrário, é comum conhecer profissionais altamente gabaritados, formados por boas escolas, fluentes em inglês e com experiência em grandes multinacionais penando do mesmo jeito que outros concorrentes menos preparados. Não são o problema, mas enfrentam o mesmo problema que é a escassez de vagas.

Claro que um CV mal feito ou um perfil de Linkedin fraco diminuem ainda mais as chances na disputa pela recolocação, mas isso é fácil de resolver, já que há muitas pessoas prestando esse tipo de serviço no Linkedin (eu, inclusive… ;)! Mas não se engane! Isso é a cereja do bolo, e não a garantia do emprego. Muitos me perguntam: se eu arrumar o CV, você garante minha recolocação? A resposta é sempre a mesma: NÃO!!!! Aliás, uma dica: fuja dos que prometem emprego, pois é pura falácia. Quem é que pode convencer o gestor final de uma vaga em uma empresa sem ao menos conhecê-lo? Ridículo prometer algo do tipo. É muita inocência acreditar nesse charlatanismo barato.

Minha mensagem final é para acalmar os ânimos. É muito provável que sua luta não esteja rendendo o esperado por causa do lamaçal em que o país encontra-se atolado. Mesmo assim, o mercado continua girando e criando novas oportunidades todos os dias. Tenha fé e use o tempo disponível para sanar alguns gaps de sua formação! Procurar vagas o dia inteiro deixa qualquer um louco! Não faça isso!

Eng. William Mazza

*também realizo análises minuciosas de CV e perfil de Linkedin, além de ter bolado a “Estratégia de Recolocação Profissional do WMazza em 10 passos” – Conheça!!

Anúncios