Se fizermos a pergunta à área comercial, não haverá dúvidas: cliente! Contudo, a resposta do RH seria diferente: funcionário! E agora, quem está com a razão?

Na verdade, não é uma disputa, pois ambos são obviamente importantes! Acontece que algumas empresas que decididamente focam em seus clientes podem não atingir uma excelente performance ao relegar o funcionário ao segundo plano.

Não é difícil de compreender. O produto ou serviço só chegarão a seu destino final, passando nas mão dos funcionários da empresa. Se esses, por quaisquer motivos que sejam, estiverem insatisfeitos e desmotivados, sem dúvida influenciarão na qualidade do que se entrega. Sendo assim, o intento de focar no cliente pode não trazer o resultado desejado.

Pensando de outra forma, outra companhia que foque na satisfação de seus colaboradores terá muito mais condições de proporcionar um produto ou serviço de maior qualidade a seu comprador. Claro, não é garantia, mas certamente é muito mais fácil imaginar que trabalhadores satisfeitos e comprometidos farão seus trabalhos mais bem feitos, gerando maior satisfação àqueles que receberão o fruto de seus esforços.

Por tudo que foi exposto acima, não imagino uma empresa afirmando que seus colaboradores estarão sempre em primeiro lugar, pois os clientes poderiam ficar enciumados. Mas também compreendo que desejar enfocar a satisfação desses, sem considerar a daqueles, é um equívoco. O ideal então é valorizar ambos, lembrando sempre a relação de causa e efeito entre um e outro que citei há pouco.

E na sua opinião, quem é mais importante?

Eng. William Mazza

*Montei um Curso de Linkedin Completo e 100% On-Line, confira!

**Também apresento uma palestra intitulada 25 DICAS DE EMPREGO PARA ENGENHEIROS

Anúncios