Velho uma ova!


Não importa sua idade, não permita que te rotulem!

Mantenha-se com espírito jovial: conte piadas e dê risadas, vá ao cinema, pratique esportes (radicais de preferência), ande de ônibus e metrô, utilize o banco pelo app do celular, não dependa de filhos ou netos para nada, acompanhe séries de TV, jogue videogame, vá para “balada”, seja ativo em sua comunidade, vote nas eleições, vá assistir a seu time no estádio, ande de bicicleta, tenha canal no YouTube, perfil de Facebook e até SnapChat, visite os amigos, realize trabalho voluntário, etc!

São milhares de opções para se manter com mentalidade jovem! Nada de ver TV o dia todo, pegar o carro para tudo, comer sempre no mesmo horário, ser mais amigo da cama do que da rua, reclamar o tempo todo, nem nada dessas coisas que só fazem mal e envelhecem a mente.

Não deixe de continuar procurando emprego por causa da idade, nem de estudar e fazer cursos com medo da galera “jovem”! Também não resista às mudanças de rumo ou tentativas de recomeçar. Nunca é tarde! São muitos exemplos de empresários bem sucedidos que começaram seus negócios mais tarde do que o esperado.

Afinal, ficar velho é uma decisão sua! Só fica se quiser!

Eng. William Mazza

*também realizo análises minuciosas de CV e perfil de Linkedin, além de ter bolado a “Estratégia de Recolocação Profissional do WMazza em 10 passos” – Conheça!!

Anúncios

2 comentários em “Velho uma ova!

  1. Olá WMazza.
    Excelente texto e muito inspirador. De fato, a decisão de tornar-se velho e muito mais nossa do que dos outros. Vamos aos fatos….
    Os recrutadores hoje, olham não a nossa disposição biológica quando fazem uma avaliação e sim a nossa “idade cronológica”. Essa é a diferença. Conseguir convencer um recrutador, em duas páginas de um CV, que mesmo tendo seus 52 anos vc ainda é altamente eficiente e cheio de energia que daria inveja a qq mocinho de 32 anos, é uma tarefa que eu não saberia dizer por onde começar. Mesmo que nós ofereçamos ao recrutador nossos resultados, ele ainda vai se apegar ao fato de termos mais de 52 anos e pra ele, estamos “quase aposentados”.
    Como sair dessa ? Eu não sei.
    Não sou velho e nem deixo que isso me afete, mas não sou eu e sim, quem está me recrutando.
    Forte abraço.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s