Em tempos de mecanismos de buscas, nada mais importante do que pensar em ser encontrado. Sendo assim, surge um novo conceito super importante: ‘encontrabilidade‘.

Não tenho dúvidas de que foi o Google que inspirou diversas empresas a melhorarem suas buscas. Dependendo do assunto, existem dezenas de milhares de opções, e vem a pergunta: como peneirar algo relevante em meio a tantas opções? Daí a sofisticação cada vez maior dos mecanismos de buscas, com seus complicadíssimos algoritmos entrando em ação.

No campo da procura por emprego, não há diferença alguma. Essa dica vale para cadastros em sites de empresa, Catho, Vagas e Linkedin, só para ficar em poucos exemplos. Cabe a você preocupar-se em ser encontrado, já que recrutadores procuram incessantemente por candidatos qualificados a suas vagas disponíveis.

 

E como ser encontrado?

É relativamente simples. Toda profissão se utiliza de um número de palavras-chave, que ajudam a explicá-la e caracterizá-la. Por isso, basta utilizá-las ao descrever suas atividades profissionais.

Minhas sugestão é listar ao menos de 15 a 20 palavras características de sua profissão, depois disso, basta incluí-las em parágrafos que farão parte de sua descrição de atividades, seja no CV ou em perfis de sites de vagas ou LinkedIn.

 

Evite erros bobos

Especificamente no LinkedIn, analisando diariamente inúmeras páginas de usuários, percebo perfis incompletos, mal escritos e com informações rasas. Isso é um tiro no peito da ‘encontrabilidade’. No “título profissional” – local destinado a sua atividade – muitos optam por deixar em branco, ou com expressões que não ajudam em nada os mecanismos de buscas a chegarem em você: “NA”, “…”, “—“, “em busca de novos desafios”, “RH”, “TI”, entre outros.

Sempre vejo pessoas se perguntando: é bom escrever pouco ou muito no LinkedIn? Respondo. Escreva com detalhes, utilizando palavras-chave de sua atividade, mas sem ser chato nem maçante. Quanto mais informações, melhor. Melhor para descrever suas habilidades e melhor para ser encontrado.

 

Eng. William Mazza

contato: wmazza@bol.com.br

*também realizo análises minuciosas de CV e perfil de Linkedin, além de ter bolado a “Estratégia de Recolocação Profissional do WMazza em 10 passos” – Conheça!

Anúncios