Você perdeu o emprego. Muitas vezes de maneira inesperada e talvez injusta na sua cabeça. Mas o fato é que você recebeu um “não”. Seja por uma questão de reestruturação, pela empresa ter fechado, por você não ter atingido suas metas, por você não ter se dado muito bem com o seu chefe, por terem te trocado por alguém mais barato, por sua área ter deixado de existir. São inúmeras as possibilidades e você pode passar a vida refletindo sobre elas, mas o fato é que você não tem mais um emprego e precisa lidar com isso.

Claro que você vai assustar, pode ficar em choque, eventualmente se sentir revoltado, injustiçado. Vai questionar a capacidade de todos, mas principalmente a sua. Vai sentir medo de não ter dinheiro para pagar as suas contas e eventualmente de nunca mais conseguir um emprego.

Mas e agora? O que fazer desse “não”?

Viva o drama!

Chore, sinta a tristeza, deixe o medo tomar conta de você até os seus olhos se esbugalharem.

Mas assuma sua culpa. Pense sobre o que poderia ter sido diferente. Não culpe o universo pelo seu problema. A culpa pelo seu momento é sua e de mais ninguém e você precisa aprender com isso e seguir em frente. Mantenha as portas abertas em todos os lugares que você passou. Seja grato por tudo que aprendeu e por tudo que conseguiu construir em sua vida pessoal enquanto esteve empregado.

Agora enxugue as lágrimas, arregace as mangas e se comece o planejamento para conquistar seu próximo emprego. Nesse plano, garanta que não seja qualquer emprego. Você precisa planejar a conquista do emprego dos seus sonhos. Se dedique a isso de corpo e alma. Se faça perguntas sobre o que te faz feliz, sobre o que te motiva, o que te faz acordar todos os dias, sobre suas habilidades (aquelas que te diferenciam), liste as conquistas e entregas das quais mais se orgulha e liste as empresas onde sonha em trabalhar. Não pare de buscar as respostas dessas perguntas até que as consiga. Elas são importantes para você seguir em frente depois de seu último e dolorido “não”.

Coloque a sua estratégia em ação, construa seu networking, aplique para vagas que façam sentido, escreva cartas de apresentação customizadas.

Se a sua estratégia estiver dando certo vão começar a surgir entrevistas. Elas vão te animar! Ah se vão. Você vai se sentir poderoso, virando o jogo! Principalmente porque estará concorrendo à vagas que são a sua cara e que tem o seu perfil. Mas exatamente como você, tem muita gente boa, qualificada, com excelente networking que pode ser uma opção tão boa ou melhor do que você. E aí você perde aquela chance.

Não encare as oportunidades que surgem, como sendo as únicas da sua vida. Como essa oportunidade apareceu, outras surgirão. Não pense que não é bom e que não serve para nada. Ter alguém mais aderente ao perfil de uma determinada vaga, não faz você ser pior do que é. Não te desqualifica de maneira nenhuma.

Chore. Lamente. Fique sem dormir. Deixe o medo tomar conta de novo. Se descabele. Você tem direito de sentir raiva e desespero. Tem direito de ficar indignado. Mas não exponha isso para o mundo. Depois de viver todos esses sentimentos é hora de levantar mais uma vez e seguir em frente.

Lembre-se que é você quem cria as suas oportunidades!

Volte para o jogo!

É hora de recomeçar. Acionar o plano B e ir até o Z se preciso for. O importante é ter planos e agir. Se sentir produzindo e criando novas oportunidades.

Os “nãos” são um sinal de que sua estratégia está dando certo. Você está quase lá. Só precisa ter resiliência e nunca deixar de acreditar ou de fazer a sua parte. O “sim” está chegando, você só tem que aprender que mesmo com uma excelente estratégia, nem sempre conseguimos controlar o tempo. É preciso entender que nem sempre o seu tempo é tempo das coisas. Não desanime com o “não”. Corrija rotas, busque força, acione outros planos. Acredite ser somente uma questão de tempo e garanta que vai seguir fazendo sua parte.

O “não” é um recado de que você está quase lá. Nessa hora é preciso seguir. Se estiver cansado, descanse, mas nunca deixe de seguir em frente.

 

Sabrina Almeida Pinho

Blog Sonhos e Devaneios

E-mail: sabrinasbn@hotmail.com

Perfil de LinkedIn

Anúncios